Pages Navigation Menu

Tao Judaísmo de Verdade no Brasil e no mundo

29 de Julho… nasce o VERBO DE DEUS

29 de Julho… nasce o VERBO DE DEUS

Dia 29 de julho, todos os anos, comemoramos o aniversário do corpo físico, do Bodsatwa do nosso Avatara, o grande e Venerável Mestre SAMAEL, reencarnado novamente sobre a Terra em um corpo jovem  …dessa vez como SAMAEL JOAV BATHOR WEOR.

SAMAEL

Nesse periodo, o mundo esoterista se alegra e, desde o Grande Templo Vegetal SAKROAKUARIUS, os monges emitem elevados cânticos e diferentes apresentações artísticas para reverenciar e festejar a vida do Ser que nos trouxe a Ciência da CASTIDADE CIENTÍFICA. Festejamos assim a presença do Verbo de DEUS novamente encarnado sobre a esfera Geagmus, o nosso planeta Terra.

SAMAEL

E no dia 29 de julho de 2015 chegou ao ponto de comunicação do Templo Vegetal SAKROAKUARIUS a seguinte saudação, emitida pelo Grande Regente Cósmico Elohim TALGEAVER… e queremos compartilhá-la com você. Desfrute desta linda mensagem onde este Elohim nos indica, como mensagem principal: os cuidados que devemos ter com o nosso verbo, com as nossas palavras.

SAMAEL

Eis a mensagem…

SAMAEL

Disse o Venerável Grande Helohim Regente TALGEAVER: Supremos e excelsos pais Cosmocratores, Pai JEOVÁ, Pai KELIUM, Pai AUM… esta madrugada haveis enviado um coro de anjos com corpo de galos que, mesmo que sejam vistos assim na Terra, são anjos cantores os quais neste amanhecer elevaram cântico de louvor ao Grande Creador por despertar os Seres, as Almas e os corpos daqueles que se encontravam em repouso. Eles celebravam e recordavam um amanhecer esplendoroso ocorrido há 45 anos; amanhecer no qual as entranhas da Mãe Terra se sacudiram de felicidade pelo nascimento de um grande DEUS Creador, o qual pousava os seus pés sobre ela; amanhecer no qual, ano após ano, chegou como bálsamo de vida para os humanos, para os reinos desta esfera e das esferas deste Universo e galáxia.

 

 

Também foram enviados anjos com corpo de humanos os quais, em sucessão ao grande canto do galo, elevaram prece ao Altíssimo em agradecimento e honra ao Pai KELIOM e à Mãe AFRODITA RAAV por haver trazido o seu sacro filho a esta esfera para ser o salvador das humanidades por estes tempos, o qual seria a sucessão dos seus pais para quando já não estivessem e que, se bem que hoje os três Pai, Mãe e Filho se encontrem em seus tálamos, as suas bênçãos continuam desgranando-se para dar vida a vós, Povo do Altíssimo, para dar vida à Urangéia, para dar vida ao Sistema Solar de Ors, para dar vida à Via Láctea onde vos encontrais.

 

Povo do DEUS VIVENTE que hoje, com grande Fé e esperança chamaram ao grande amor de DEUS, entoaram louvor ao grande e Venerável Mestre SAMAEL JOAV BATHOR WEOR, o invocaram para que a vida seja mais e não feneçam em catástrofe funesta: considerai, de instante em instante. Assim como cantastes que “tudo seja amor na vida”: que tudo na vossa vida seja amor; amor que pregoou o seu Verbo, castidade que é amor, amor que é vida.

 

E agora, com o rosto sobre a terra, e de joelhos, filhos e filhas em Terrus de Ors: orai em silencio, pedi e agradecei. Recordai aqueles felizes momentos da mão do Grande Deus Salvador SAMAEL JOAV BATHOR WEOR, neste e em outros retornos, porque recordar é viver.

 

   Lembrai do nosso Pai SAMAEL… Lembrai do seu Verbo e senti-o. Lembrai da sua divina formosura… Lembrai e senti a sua força de guerreiro. Recordai a felicidade dos sóis que vos trazia. Recordai as suas palavras de alento para dar-vos hálito de vida. Recordai que ele vive em vós, é o sagrado e divino DESEJO. É o nascimento de instante em instante; é a força de vida em vossas existências, e é o VERBO DE DEUS nos seus corpos físicos. Lembranças formosas, recordações divinas; recordações do alto as quais vos elevam aos sóis; recordações que a besta não pode tirar, nem dos vossos corações, nem das vossas mentes.

 

Sois privilegiados, porque neste retorno haveis sido KELIUMNIZADOS, haveis sido LUXORIZADOS, e neste dia, como grande benção do Absoluto: sereis SAMAELIZADOS, por bênçãos dos Cosmos. Honrai este mérito com um verbo casto. Não só neste dia: que seja o Verbo casto em vós todos os dias das vossas existências.

 

Um verbo casto é: aquele verbo que não ofende em palavra. Um verbo casto é: aquele que da vida e não destrói. Um verbo casto é: aquele que, com as suas obras, cumprem a Lei Divina, e com elas honram a DEUS. Um verbo casto é: aquele que honra ao seu pai e à sua mãe. Um verbo casto é: aquele que, com pensamento, desejo, sentimento, palavra e ação, muta em constante louvor.

 

Não se esqueçam do seu VERBO, viventes, porque esquecer do seu VERBO é esquecer do grande e Venerável Pai SAMAEL, é esquecer do Grande Pai JOAV, é esquecer do Pai BVATOR, é esquecer do Pai Creador WEOR.

 

Fazei com que o seu verbo, deste dia em diante, com castidade divina: brilhe, seja luminoso, claro, limpo e benigno. Cuidai o seu verbo para que seja WEHOR em vós. Cuidai o seu verbo para que o grande Pai GEO e a grande Mãe GÉIA vos deixem voar aos tálamos Divinos.

 

Qual é o melhor presente que podeis dar neste dia?

 

Este vosso povo sente as vossas bênçãos, Grande Pai SAMAEL JOAV BVATHOR WEOR. Nunca o soltes, oh Divino Pai salvador. Continue abençoando-nos, Pai amado, e cobrindo-nos com o vosso manto Divino.

 

Povo do DEUS VIVENTE: que tudo seja amor na vida! KELIOM! RAAV! SHAMAH! RUASH! AO! GUADO! WEHOR!

 

SELAH!

 

Aom!

 

Ao vosso serviço, Divino e grande Pai de misericórdia, SAMAEL JOAV BVATHOR WEHOR, e ao serviço do vosso povo.

 

Regente TALGEAVER.

 

Em seguida iniciamos com o trabalho multirúnico feito pelo vosso Povo em todo o planeta, o qual elevará oferenda acesa em vosso nome, para que suba ao vosso tálamo, como aroma de suavidade, em agradecimento ao vosso amor e ao vosso sacrifício por este vosso povo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *